É inquestionável que as redes sociais transformaram a forma de comunicação moderna. Além de fomentar a rede de relacionamento pessoal, se tornou uma importante ferramenta de relacionamento para empresas com o seu público-alvo.

As redes sociais permitem que qualquer pessoa ou organização gerem conteúdos e sejam formadores de opiniões, gerando influência sobre sua rede de contatos e outros milhares de usuários.

Diversos são os cases de empresas e personalidades na área da saúde que utilizam das redes sociais para impulsionar o relacionamento com seu público e gerar diferenciais competitivos no que diz respeito a atração e fidelização de usuários.  

Definindo a sua estratégia nas redes sociais:

Não existe uma fórmula pronta, porém alguns passos podem ajudar profissionais de marketing em saúde a definir as estratégias e ações para impulsionar o seu alcance e engajamento nas redes sociais.

Para uma estratégia eficaz precisamos partir do ponto que as redes sociais são muito mais do que a contagem de seguidores. Precisamos definir objetivos de comunicação claros e ações que permitam gerar consistência na relação com nosso público.

Primeiro Passo: Objetivos

O primeiro passo para a definição de uma estratégia de marketing para redes sociais é a definição de objetivos.

Definir de forma clara os objetivos que serão a base do planejamento é tão importante quanto a execução do seu plano. Alguns exemplos de objetivos para redes sociais são:

  • Tornar a marca mais conhecida
  • Gerar mais tráfego para o website
  • Venda de produtos e serviços
  • Melhorar a comunicação com o público-alvo
  • Gerar novas conexões e rede de relacionamento

Segundo Passo: Público-alvo

Tendo clareza sobre os objetivos, o segundo passo é o detalhamento do seu público-alvo, avaliando características demográficas e psicográficas para traçar um perfil de publico.

Públicoalvo é um grupo de usuários com características em comum e que podemos direcionar nossos esforços de comunicação. Para definição do público-alvo podemos fazer as seguintes perguntas:

  • Quem são os usuários?
  • Qual a idade, gênero, escolaridade e formação?
  • Onde é que eles vivem, como vivem, com quem?
  • Qual a profissão? Quais as características profissionais?
  • Quando e como eles usam o Instagram ou Facebook?
  • O que eles buscam nas redes sociais?
  • Quem e o que gera influência sobre eles?
  • Quais são os seus pontos de dor e desafios?
  • Quem você conhece que representa este(s) públicos?

Como resultado da análise do público-alvo podemos criar personagens (personas) que caracterizem segmentos do seu público, com nome e características pessoalizada. Abaixo temos um modelo que podemos utilizar para criação de personas:

Terceiro Passo: Plano de ação de conteúdo

O terceiro passo é a definição do seu plano de ação marketing digital, através de um detalhamento de ações que irão auxiliar a atingir os objetivos e gerar relacionamento adequado com o perfil do público-alvo.

  • O que iremos comunicar? (produtos, promoções, notícias, artigos, cases, etc)
  • Quais canais iremos utilizar? (facebook, instagram, twitter, youtube, etc)
  • Quais os formatos que irá utilizar?
  • Quanto e quando será publicado?

Além do direcionamento de comunicação e canais, o seu planejamento preciso listar os conteúdos que serão produzidos. Uma boa forma de definir as ações e também os seus conteúdos é através do método A.I.D.A:

O Método AIDA: consiste em um método de marketing com quatro estágios são: Atenção, Interesse, Desejo e Ação. É organizado de forma hierarquia em formato de funil buscando endereçar as ações necessárias a cada estágio de consciência do consumidor em relação a sua oferta, conduzindo o cliente neste processo.

Atenção: nesta etapa, você precisa considerar como atrair a atenção do consumidor e criar o conhecimento da marca. Para fazer isso, você precisa primeiro aprender sobre seu público-alvo; suas necessidades, objetivos, interesses, problemas, etc. Com a ajuda desse conhecimento, você pode criar conteúdo relevante para eles e, assim, chamar sua atenção!

Interesse: nesta etapa precisamos aumentar o conhecimento do público-alvo sobre seu produto / serviço, como você pode ajudá-los e quais opções estão disponíveis. Para isto é importante fornecer a mensagem do produto de uma forma envolvente, destacando os benefícios do produto, prova social, etc.

Desejo: nesta etapa precisamos gerar o desejo pelo produto ou serviço transformando o ‘Gosto disto’ para ‘Eu quero isto’. Para isto é importante fazer o seu público entender como sua solução pode realmente atender às suas necessidades, demonstrar como resolverá os seus problemas, destacar recursos e diferenciais.

Ação: nesta etapa precisamos fazer o consumidor “agir”, seja assinando seu serviço, fazer uma consulta ou compra. Para isso é importante ter chamadas de vendas nos lugares certos, como em seu site, páginas de produtos, página de planos, e outros canais. A abordagem de vendas precisa ser direcionada principalmente para consumidores que já manifestaram desejo pela sua oferta, direcionando assim a equipe comercial para trabalhar ofertas para clientes qualificados.

Para cada etapa do método A.I.D.A podemos definir o formato e distribuir os conteúdos da nossa estratégia em formato de calendário de conteúdo. Para isso podemos definir:

  1. Título do conteúdo: Sobre o que iremos comunicar e em qual formato.

    Exemplo: Card Instagram – Como captar clientes para sua clínica.
  2. Briefing: um resumo ou tópicos principais vinculados a este conteúdo. Irá ajudar na hora da criação termos referências para o desenvolvimento dos materiais.

    Exemplo: Card com dicas sobre como captar pacientes; destacar informações através de infográfico; destacar ganhos de uso de redes sociais para ações de marketing;
  3. Semana: distribuir o conteúdo nas semanas de forma a gerar uma hierarquia entre as etapas do A.I.D.A e os conteúdos publicados.

O calendário de conteúdo permite uma visão ampla da distribuição das ações ao longo do tempo, ajudando a criar uma cadência de conteúdos que fortalecem a presença digital e o relacionamento com o público. É importante ter no mínimo 1 mês a frente planejado para poder ter tempo e mobilizar os recursos para o desenvolvimento de artes, textos e demais necessidades.

Ações essenciais para gerar alcance e engajamento nas redes sociais

Agora que já vimos quais as etapas para criar o seu plano de ação de marketing para redes sociais, iremos trazer dicas práticas que irão potencializar suas ações!

1. Foque em conteúdos que geram compartilhamento

Para ganhar visibilidade e aumentara o seu alcance é importante criar conteúdos que possam gerar compartilhamentos de seus seguidores. Um bom exemplo de conteúdos que geram compartilhamentos são materiais como infográficos e guias que contenham  informações e dicas valiosas para o seu público.

Outro formato que tem se destacado em relação ao retorno de compartilhamento são vídeos explicativos. Lembre-se de incluir o seu logotipo e canais de contato no seu conteúdo que será compartilhado.

Em geral as postagens com conteúdo visual obtêm mais compartilhamentos, curtidas e comentários e ficarem salvas pelos usuários.

Ações especificas que promovam compartilhamento são válidas também! Apenas tome cuidado para usar de forma estratégica a sua rede de seguidores!

2. Qualidade é melhor que Quantidade

Muitos perfis se destacam pela quantidade de seguidores porém apresentam baixo engajamento É importante cuidar para não focar sua estratégia em seguidores que não tem um alinhamento claro com a proposta do conteúdo e da sua marca. Busque seguidores que realmente se importam com suas postagens concentrando-se na qualidade sobre a quantidade.

Aqui voltamos a falar sobre a definição de seu público-alvo. Caso esteja vendo que o engajamento é baixo, revise suas definições e avalie se está usando o conteúdo correto e as palavras-chave específicas que possam “encontrar” este público.

Uma forma de criar uma rede com maior qualidade é buscar perfis e pessoas que participam do meio que você busca se posicionar. Se estiver gerando um conteúdo alinhado as necessidades destes perfis, certamente irá chamar atenção e receber seguidores de volta.

3. Horário de postagem

Vários estudos sugerem diferentes horários ideais para postar em diferentes sites de mídia social. Aqui a dica é monitorar os horários dos posts que você tem maior retorno.

Distribua conteúdos em diferentes horários e após determinado período de publicações, faça um levantamento de quais horários funcionam e quais não tem tanta aderência. Busque fazer esta avaliação de forma períodica para sempre revisar se está divulgando na hora certa! Isso vale tanto para redes sociais, quanto para os posts de site e blog!

4. Explore conteúdos temporários (stories)

As redes sociais vêm trazendo novas formas para os perfis divulgarem os seus conteúdos. O Instagram Stories foi uma destas atualizações, permitindo publicações no formato de vídeos, fotos os gifs que ficam visíveis apenas por 24h.

Este tipo de conteúdo é muito útil para divulgar promoções, notícias, novidades e lançamentos de novos produtos. Aqui também vale utilizar de marcações para impulsionar compartilhamentos com páginas e perfis parceiros!

5. Faça parcerias com influenciadores

Uma forma de potencializar a sua visibilidade é através de perfis considerados influenciadores. Influenciadores são perfis que tem grande qualidade e quantidade de seguidores em determinados nichos, sendo verdadeiros canais de trafego para marcas e produtos.

Se você possui uma marca na área da saúde, procure estabelecer parcerias para divulgações com influenciadores que tratem do tema com relevância e que tenham volume significativo de seguidores. 

6. Impulsionamento de publicações

Uma forma de potencializar o seu alcance é através de investimento em publicações pagas. Através do impulsionamento você poderá definir metas de abrangência e regiões que vai alcançar.

As principais plataformas trabalham com ADS (Ads é uma palavra do inglês que significa anúncio) e disponibilizam ferramentas para criar a sua publicação impulsionada, definir o orçamento e definir as metas da campanha.

Lembre-se de avaliar se o conteúdo está alinhado com a sua estratégia e não esqueça de revisar bem estes conteúdo para gerarem os resultados esperados e terem um investimento que retorne para o seu negócio!

7. Monitore e analise os resultados

A dica final é fazer uma análise detalhada dos seus resultados, olhando quais conteúdos geraram maior alcance e engajamento, qual segmento do público tem maior potencial, quais horários geram mais resultado e etc. Também busque olhar o que não deu certo e investigar motivos e formas de melhorar. Apenas com monitoramento e análise de resultados é possível corrigir as suas ações e traçar novas para um ciclo de aprendizado continua para sua estratégia de marketing nas redes sociais. Existem ferramentas das próprias plataformas que geram indicadores em vários níveis para uma análise do seu perfil e conteúdo.

Considerações finais

É indiscutível que as redes sociais são importantes canais para relacionamento com o público para qualquer segmento. Na área da saúde em específico existem particularidades que precisamos levar em consideração, como regras para publicidade médica, por exemplo.

Existem diversos blogs e canais especializados que trazem conteúdos que instruem até mesmo leigos no assunto a implementar uma estratégia consistente, mas sempre é bom avaliar serviços especializados de profissionais de marketing em saúde que podem acelerar ainda mais o seu processo.